fbpx

Compensa investir em um plano de saúde Pet?

Já não é segredo para ninguém que os nossos pets fazem parte da nossa família, e da família nós cuidamos com amor! A preocupação com a saúde dos animais domésticos nunca esteve tão em pauta e se planejar financeiramente para garantir tratamentos adequados sem pesar muito no bolso é essencial. Para te ajudar com esta conta, hoje vamos responder uma das dúvidas mais frequentes feitas nos consultórios veterinários: compensa investir em um plano de saúde pet?

Antes de mais nada é vital entender a importância do médico veterinário e do cuidado com a saúde do seu peludinho. Assim como os humanos, ao longo da vida os pets passam por diversas fases e transições e apesar de na maior parte do tempo serem saudáveis e alegres, infelizmente eles também sofrem com algumas doenças e necessitam de cuidados em vários momentos da vida. Por isso, planejando ou não o médico veterinário fará parte da sua rotina.

Para que você não seja pego de surpresa quando precisar pagar por um tratamento é fundamental salvar um dinheiro para situações de emergência veterinária. Mas se mesmo poupando, você tiver medo do peso deste investimento no seu bolso, está na hora de você conhecer o funcionamento de um plano de saúde pet e entender melhor esta solução.

 

Como funciona um plano de saúde pet?

Assim como a grande maioria dos planos de saúde humanos esta categoria de proteção cobre as despesas relativas ao cuidado e bem-estar dos nossos amiguinhos de quatro patas. E também como os planos que já conhecemos, varia de acordo com o plano, com a idade e com as necessidades dos usuários e de seus tutores.

Felizmente, na atualidade o mercado disponibiliza uma grande variedade de planos e opções de cobertura. Esta gama de opções pode ter facilidades e serviços condizentes com o investimento. Por exemplos, as coberturas de vacinas, exames, consultas e cirurgias assim como os planos que já estamos habituados, varia de plano para plano e de empresa para empresa.

 

Vale a pena financeiramente?

Em vários casos o plano de saúde pet não só vale muito a pena, como te ajuda a poupar muito dinheiro, por exemplo:

– Filhotes que precisem fazer check up e tomar vacinas;

– Pets de raças que já possuem condições genéticas alarmantes ou histórico de visitas regulares ao veterinário;

– Cachorros e gatos em idades avançadas;

Caso o seu pet não preencha nenhuma destas especificações você pode fazer uma continha básica: some a taxa de adesão de um plano pet ao valor de todas as mensalidades do ano e compare o resultado deste cálculo com a soma de uma visita anual com exames de check up e uma verba extra para casos de visitas ou até mesmo cirurgias de emergência durante um período de 12 meses. Para sua base de cálculos ser mais confiável, vale a pena inclusiva ligar para um médico veterinário de confiança e pedir a tabela de valores de procedimentos da clínica.

 

Cuidar da saúde física e psicológica do seu peludinho é garantir e preservar o bem-estar de um amigo que não pede nada além de cuidado e amor! Nunca deixe de fazer visitas regulares com o seu pet ao veterinário, pois a única forma de manter o laço entre vocês mais duradouro é proporcionar o máximo de conforto e saúde possível ao seu pet no decorrer de sua vida.

Se você quer fazer uma cotação para saber se compensa investir em um plano de saúde pet, acesse nosso site e descubra!