fbpx

Dicas de cuidados pré e pós-operatórios para o seu pet

Assim como os humanos, os pets também precisam de cuidados pré e pós-operatórios.

Existem situações emergenciais em que os cuidados pré-operatórios não podem ser feitos, uma vez que a cirurgia é feita às pressas.

Nesses casos os exames e cuidados são feitos no dia do procedimento, antes da operação de emergência.

Devido falta de preparação, o cuidado pós-operatório é mais delicado e requer muita atenção.

Mas quando a operação é agendada, não basta só levar seu peludinho para o médico e fazer o procedimento; ele precisa passar por todo um processo para que a operação e a recuperação sejam tranquilas e sem riscos.

Antes da cirurgia de um pet é importante fazer um checkup, assim como nós humanos fazemos, para analisar todo o corpo do animal e identificar se existe algum problema que representa risco durante o procedimento.

Listamos alguns cuidados pré e pós-operatórios importantes a serem seguidos para que o peludinho a ser operado se recupere da melhor forma!

Exames e cuidados importantes no pré-operatório:

  • Check up do coração e pulmão: Com o eletrocardiograma é analisado o estado do coração e condições das vias respiratórias do pet, para descartar qualquer problema respiratório ou cardiovascular durante a operação;
  • Exames de sangue e urina: Pelo exame de sangue e de urina o médico consegue identificar o funcionamento dos rins, problemas de coagulação, disfunção arteriais, entre outros dados. Esses exames são de extrema importância, uma vez que é através deles que o médico analisa a melhor forma de anestesia que se encaixa nas condições do pet;
  • Peso: Pets acima do peso ou obesos  podem correr risco de vida durante a operação. Nesse caso o médico veterinário pode indicar uma dieta e exercícios físicos para o pet.
  • Outros exames, como avaliação da temperatura corporal, análise da hidratação, estados das mucosas, etc;
  • Normalmente, como na maioria das cirurgias, o pet deverá estar de jejum. O jejum é muito importante para não ocorrer alteração nos exames de urina e sangue e para que não ocorra refluxo.

Se quantidade de exames que o veterinário solicitar parecer muito grande, acalme-se e lembre: eles são feitos para prevenir ao máximo qualquer problema durante a cirurgia e são essenciais para escolher o melhor tratamento para o peludinho.

Cirurgia foi um sucesso! Agora, atenção para os cuidados pós-operatório:

  • Siga corretamente as instruções do veterinário: Parece óbvio, mas nem sempre os donos de pet seguem corretamente o que o médico veterinário pediu. Dê os remédios no horário correto, não descumpra o cronograma de dias dos remédios, não dê alimentos muito pesados ou gordurosos.
  • Não tire o colar elisabetano: Caso o pet precise usar o colar, não tire antes da hora certa. Os animais se sentem desconfortáveis e, às vezes, os donos sentem dó e acabam tirando. O colar é muito importante na recuperação, uma vez que impossibilita que o pet lamba, morda ou até mesmo tire os pontos do local da incisão.
  • Deixe o pet descansar: A anestesia pode deixar o animal muito sonolento e, em alguns casos, confusos. Nesse momento é importante deixar ele descansar, evitar brincar com ele ou carregá-lo.
  • Deixe o pet em um local limpo: Coloque um lençol sobre a caminha do animal e troque-o sempre que possível, principalmente caso suje com pus ou sangue.

Cirurgias em pets são procedimentos delicados, uma vez que o animal não entende o que está acontecendo.

Por isso que o dono tem que ser muito cuidadoso, buscando profissionais de confiança.

A Plamev conta com planos  que dão todo o suporte necessário para a cirurgia de um peludinho, como consultas, exames laboratoriais e internação. Conheça nossas condições e entre em contato!